Novo Senna x Prost? Verstappen diz que rivalidade com Hamilton "não é comparável"

67811522 si202109260847news scaled 1

Max Verstappen disse “não se importar”, mas enfatizou que briga com Lewis Hamilton não é “comparável” à rivalidade entre Ayrton Senna e Alain Prost

Ana Paula Cerveira

20 out 2021 04h17

TERRA – terra.com.br

Max Verstappen e Lewis Hamilton lado a lado
Foto: Andy Hone/Getty Images/Red Bull Content Pool / Grande Prêmio

A rivalidade entre Max Verstappen e Lewis Hamilton rende muitas comparações com as grandes rixas que a Fórmula 1 já acatou — uma das maiores e mais clássicas, inclusive, deu-se com o brasileiro Ayrton Senna e o francês Alain Prost. Mas decidir se já é o início de um outra grande embate na categoria, não é de muito interesse do holandês. Segundo o dono do RB16B #33, ele só “pensa em ganhar”, e não se compara a outros pilotos.

“Não dou muita importância a isso”, disse Verstappen, em coletiva de imprensa. “Só estou aqui para ganhar. Quero obter o melhor resultado, mas por outro lado não estou preocupado. Só quero ir para cada fim de semana e ganhar outra corrida, nunca me comparo com outros pilotos”, acrescentou.

“E também não é comparável porque, em alguns anos, você tem carros mais dominantes do que em outros. Isso sempre será o caso na Fórmula 1, então não há por que compará-los”, seguiu ele.

Recordes também não são coisas tão importantes para ele. Embora tenha o marco de ser o piloto mais jovem a vencer uma corrida — o GP da Espanha de 2016 — com apenas 18 anos, sete meses e 15 dias, não é algo que o motiva. Ele reitera que ter um carro dominante é crucial para alcançar esse tipo de estatística.

“Como eu disse, não gosto disso. Você não pode controlar isso. Às vezes, você tem anos muito dominantes, então junta os títulos. Nem sempre é o caso, ser capaz de permanecer dominante por tanto tempo, mas isso é a Fórmula 1”, concluiu.

Líder do Mundial, a diferença para Lewis Hamilton, segundo colocado, é de apenas seis pontos. Já no de Construtores, a Mercedes se vê à frente por 36 pontos, com 433,5, enquanto a Red Bull tem 397,5. A próxima etapa da temporada 2021 da Fórmula 1 acontece neste fim de semana com a disputa do GP dos Estados Unidos, no Circuito das Américas. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.