'Novo Lázaro' Suspeito de matar a mulher grávida, enteada e fazendeiro é encontrado morto em presídio.

rtgrhyrty6

Sistema prisional trata caso como suicídio, a princípio, mas só a perícia será capaz de confirmar. Ele estava detido em Aparecida de Goiânia

Goiânia – O criminoso Wanderson Mota Protácio, de 21 anos, que ficou conhecido como “novo Lázaro”, após fuga e perseguição policial que durou quase uma semana em Goiás no ano passado, foi encontrado morto no presídio onde ele estava preso, na manhã desta terça-feira (18/1).

Wanderson estava detido no Núcleo de Custódia que fica no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da capital, e que é conhecida como a unidade de segurança máxima do estado.

Segundo a assessoria de comunicação da Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP), o caso, a princípio, é tratado como suicídio. O rapaz teria se matado com um lençol amarrado no pescoço, mas só a perícia será capaz de atestar o real motivo.

Ele estava sozinho na cela, conforme a DGAP, e foi encontrado por volta de 7h20, no momento em que foram entregar para ele o café da manhã.

Wanderson não respondeu o chamado do servidor do presídio para pegar a refeição. Policiais penais adentraram a cela e o encontraram já morto. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para fazer a retirada do corpo.

O rapaz ficou conhecido por matar a facadas a companheira Raniere Aranha Figueiró, de 19 anos, e a filha dela, Geysa Aranha Rocha de Souza, de 2 anos, além de um fazendeiro na região de Corumbá de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. O triplo homicídio ocorreu no dia 28 de novembro.

Em seis dias de buscas pelo caseiro, a ação policial circulou por diferentes pontos no território goiano. À procura do foragido, forças de segurança se espalharam pela área entre Alexânia e Abadiânia e, posteriormente, se deslocaram para Gameleira de Goiás, já bem próximo a Anápolis e Goianápolis.

Ele foi preso na manhã do dia 4 de dezembro em Gameleira de Goiás, após se entregar à polícia. A rendição foi intermediada por um casal que vive na zona rural da cidade, que fica a 100 Km de Goiânia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.