Novo Auxílio Emergencial; Saiba quantas parcelas e qual valor o governo pretende pagar

O governo federal na voz do presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro, garantiu que os brasileiros terão direito a uma nova rodada do auxílio emergencial a qual está prevista para os próximos meses de 2021.

De acordo com as informações, a renovação do auxilio emergencial deve atingir mais de 40 milhões de beneficiários, o número é menor que em 2020, visto que o programa alcançou mais de 67 milhões de pessoas.

Segundo a projeção da pasta será realizado um filtro onde o foco será a população que pertence às camadas de extrema pobreza, incluindo os beneficiários que já são cadastrados no programa Bolsa Família.

Outra mudança é que as mães solteiras, não receberão o beneficio em dobro como anteriormente, o pagamento do auxílio deverá cair para R$ 200 ou R$ 250 por pessoa.

De acordo com o que foi informado o governo pretende pagar quatro parcelas de R$ 200 entre março e junho, valor que poderá subir para R$ 250 numa negociação com o Legislativo

Todos os dado que já estão cadastrados passarão pelo ‘pente fino’ do Ministério da Cidadania, dessa forma, essa base no banco de dados do ministério servirá para que o governo divulgue em breve uma lista de quem tem direito à renovação do benefício.

Sendo assim não haverá novos cadastros, somente os que já receberam serão reavaliados, de acordo com informações da pasta.

É certo que ficarão de fora da prorrogação do auxilio emergencial, aqueles que recebem salário do setor público, aposentadoria, pensão, seguro desemprego, tem vínculo empregatício ou recebe benefício assistencial.

Dessa forma, se você já é cadastrado no programa e realmente necessita desse beneficio, certamente você vai receber as novas parcelas de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.