dentro

Noiva cancela o casamento após cair em golpe aplicado por sua ‘melhor amiga’

Uma noiva descobriu ter sido vítima de um golpe aplicado por sua “melhor amiga”. A ação da mulher causou um prejuízo de 50 mil libras, aproximadamente R$309 mil, e fez com que a noiva precisasse cancelar o casamento.

Conforme a publicação realizada pelo The Mirror, Kim Baker foi vítima de um golpe aplicado por Helen Dove, que era considerada uma de suas amigas mais próximas.

Segundo relato de Kim, Helen se passou por ao menos 15 funcionários públicos diferentes por e-mail. Ela a convenceu de que havia conseguido um novo emprego e a persuadiu a deixar seu emprego no qual estava trabalhando pelos últimos 17 anos.

Quando descobriu que havia sido enganada, Kim já havia perdido um valor equivalente a 50 mil libras em salários enquanto aguardava para assumir seu novo cargo, que teria sido conquistado por indicação de Helen como uma forma de retribuir o apoio da amiga.

Kim conta que sempre ajudou Helen com os filhos e sendo um ombro amigo para os momentos de necessidade, por serem próximas ela não desconfiou quando a mulher garantiu que poderia ajudá-la a conseguiu seu emprego dos sonhos junto a equipe de Serviços Sociais Infantis.

Após decidir tentar a nova carreira e ter “aparentemente” conseguido o emprego, ela saiu de seu emprego anterior. A fraude só foi descoberta meses depois quando o prejuízo já chegava ao valor de 50 mil libras.

Ela precisou cancelar o casamento

Diante da situação, Kim e seu noivo, Phil, precisaram cancelar o casamento por não terem mais como arcar com as despesas da celebração. Kim, que sempre sonhou em trabalhar com serviço social, fazia uma formação superior no período da noite enquanto se dedicava a outro emprego durante o dia.

Quando Helen descobriu o sonho da amiga, a convenceu a se candidatar a um emprego no departamento de serviços para crianças no Warrington Borough Council, Reino Unido. Ao invés de auxiliar a amiga a conseguir o emprego ela criou diversas contas de e-mail falsas e se passou por funcionários do local para fazê-la acreditar que seria contratada.

Neste tempo ela realizou o envio de diversos e-mails falsos onde até mesmo chegou a simular tarefas de trabalho para conseguir manter a farsa. Desconfiada, Kim e seu noivo começaram a investigar a situação e descobriram que Helen estava por trás de toda a armação.

Após uma extensa investigação policial, Helen foi presa e condenada a 2 anos e 8 meses de prisão pelos crimes de fraude e representação.

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.