Não quero ter só para fazer número, Abel reitera desejo por reforços no Palmeiras

O técnico do Palmeiras, Abel Ferreira, já deixou claro à diretoria, inclusive publicamente, que espera por reforços para o elenco (ele deseja pelo menos mais dois atacantes).

PUBLICIDADE

Até o momento, porém, o Verdão só contratou o volante Danilo Barbosa. E o treinador diz que não pretende tocar mais no assunto enquanto aguarda pelas novidades no elenco.

“Eu falo português? Às vezes, já me aconteceu, pessoas acham que falo espanhol (risos). Sou português e falo a mesma língua. Sou muito claro naquilo que digo e faço, acho que já fui muito claro em relação a isso. Não vou mais tocar na tecla porque a minha função é olhar para os jogadores que estão à minha frente”, disse ele, após a vitória por 2 a 1 sobre o Defensa y Justicia, pela Recopa.

Na sequência, porém, Abel reiterou o desejo de contar com reforços para o setor ofensivo. Contra o Defensa y Justicia, Rony fez a função de centroavante, já que Luiz Adriano está com Covid-19.

“Agora sabemos que se passar o Rony para ser alternativa na frente precisamos de um ponta. Eu gostaria de ter um ponta esquerda. Já falei, como várias vezes. Gostaria de ter um centroavante. Mas não quero ter só para fazer número. Temos que ter para dar competitividade aos jogadores que temos. Mas é com estes guerreiros que conto, estou muito satisfeito”, completou.

Com as dificuldades financeiras impostas pela pandemia do coronavírus, a diretoria tem buscado reforços, mas com limitações por conta do dinheiro. No momento o clube aguarda uma posição do América-MG para seguir com a negociação pelo atacante Ademir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.