“Não haverá nada no dia 7 de Setembro”, afirma Arthur Lira

5281A502 303C 4AC0 9ED8 8AB08338D41B

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta sexta-feira (27) que “não haverá nada” no dia 7 de setembro, em referência a possíveis problemas nas manifestações marcadas para o próximo Dia da Independência a favor do presidente Jair Bolsonaro. Em sua fala, Lira afirmou que o esforço será para que os movimentos de rua “aconteçam e sejam pacíficos”.

O humor das bolsas, do mercado está na hipótese do 7 de Setembro. Pelo amor de Deus, não haverá nada no 7 de Setembro. A gente tem que se esforçar para que os movimentos de rua aconteçam e sejam pacíficos. Grandes ou pequenos, isso é irrelevante – disse ele durante um evento on-line da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Durante seu discurso, Lira ainda falou sobre as questões políticas recentes no país e declarou que o presidente Jair Bolsonaro é “de uma maneira ou de outra” quem pauta o Brasil.

– Certo ou errado, pautou com a situação do voto impresso e agora com o 7 de Setembro. Nunca se falou tanto no 7 de setembro na história do país, pelo menos [desde] que eu me entendo como gente – completou.

Leave a Reply
  1. A única diferença desse 07 de setembro, para com os outros, é a nação toda exigindo, que todos, deputados, senadores, ministros, juízes, advogados, governadores que são corruptos, canalhas, vagabundos, ladrões, covardes, traidores, sejam de uma vez por todas (ELIMINADOS) da vida pública.

  2. chega de mordomia para político na verdade deveriam chama -los de príncipes e Marajas
    o povo recebe o salário de mil e eles de 50 mil só pra sentar numa cadeira duas vezes na. semana .o povo paga aluguel de 700 reais e os bacanas recebem o auxílio moradia de 30 mil o pó o tem um pleno de saúde sus e esses canalha criaram um auxílio saúde de 110 mil assim não dá velho. tem que ir pras ruas pedir pro. exército brasileiro retomar oo poder exilar esses urubus mudar mudar a constituição reformando a em primeira pauta tirando a regalias de políticos e juízes criando um órgão fiscalizador do supremo pra decisões absurdas deles não irem pra frente mas pararem nino órgão fiscalizador do supremo.

  3. Lira vc é de uma vergonha imensa um Judas a espera de um milagre no STF com a Vitória do processo de prumadinho , seu verme safado

  4. Também acho que chega de mordomias para estes deputados senadores todos os políticos em geral,trabalhadores ganhando uma miséria,pequenos empresários pagando muitos impostos,a maioria dos brasileiros não tem um plano de Saúde,enquanto eles tem planos do mais alto padrão pago por nós,e muito desaforo!!!

  5. Tem que tirar todos esses políticos que estão lá, fazer novas eleições gerais e esses mesmos ñ poderão participar do novo pleito. Só assim o Brasil vai mudar de fato.Nao dá mais,já deu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.