dentro

Mulheres destroem distribuidora por comentários homofóbicos de funcionários

Duas mulheres acusam funcionários de proferirem comentários homofóbicos em uma distribuidora de bebidas de Lavras do Sul (RS). Com a situação, as vítimas destruíram a porta de uma das geladeiras e derrubaram 350 garrafas no chão. A situação foi registrada por uma câmera de segurança. VEJA:

As mulheres afirmaram que foram xingadas pelos funcionários, que ficaram observando a cena de destruição. Em outro momento, a dupla é vista em luta corporal com os homens. Elas afirmaram à polícia que, momentos antes, ouviram os comentários. 

Depois, voltaram ao local com o objetivo de pedir as imagens das câmeras de monitoramento para fazer a denúncia à polícia. Os funcionários afirmaram que a disponibilização só seria possível no dia seguinte e, irritadas, quebraram os itens. 

O proprietário afirmou que o prejuízo foi de R$ 15 mil e um boletim de ocorrência foi registrado. A polícia investiga o suposto caso de crime de homofobia contra as namoradas. 

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.