dentro

Mulheres armam barraco por causa de um "ex- amor" e caso vai parar na delegacia

Duas mulheres, uma de 35 anos e outra de 20 anos, acabaram na delegacia após uma briga ocorrida entre o final da noite de sábado (16) e o início da madrugada deste domingo (17), em um bar localizado na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Ambas alegaram terem sido agredidas e o caso é investigado como lesão corporal recíprocas.

Conforme apurado, a mulher de 35 anos relatou à Polícia Civil na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro que havia sido agredida pela mais jovem, tendo sofrido lesões na cabeça e na língua. Disse ainda que no passado foi vítima de traição entre seu ex-marido e esta jovem, motivo pelo qual ambas as mulheres tinham desavença.

Sobre a confusão em si, esta mulher explicou que se encontrou com amigas no bar, quando percebeu que a mais jovem também estava no local. Houve um desentendimento e a Polícia Militar chegou a ser acionada, mas como até então não havia registro de agressões, as mulheres foram orientadas e a equipe deixou o local.

A esposa traída pontuou que decidiu ir embora, mas foi abordada novamente pela mais jovem que começou a agredi-la até a chegada dos seguranças. Ela foi ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) fazer exame de corpo de delito, momento em que a suposta amante chegou à delegacia também para denunciar agressões.

Esta, por sua vez, disse que estava no bar e se afastou para fumar, quando foi agredida pela outra, que chegou a arrancar parte de seu cabelo, deixando-a com lesões na cabeça, rosto e cotovelo. Diante dos relatos, a Polícia Civil registro o caso como lesão corporal recíproca.

Relatório

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.