Mulher tem perna amputada ao contrair bactéria “comedora de carne”após picada de aranha: ' tinha 2% de chance de sobreviver

Screenshot 20211119 084826 Chrome

Ela identificou que tinha uma picada nas nádegas, mas pensou que não fosse nada demais. No entanto, o caso evoluiu e ela passou 17 dias internada no hospital e perdeu a perna.

A estadunidense Bridgette Garza identificou uma picada em seu traseiro, mas pensou que não fosse nada demais. 10 dias depois, ela começou a delirar e ter bolhas nas pernas.

A mulher deu entrada no hospital onde passou 17 dias internadas e recebeu o diagnóstico de fasceíte necrosante, que é uma infecção bacteriana que afeta o tecido abaixo da pele e os músculos e órgãos circundantes.

De acordo com informações do Dailymail, ela foi levada a UTI e passou por sete cirurgias, oito enxertos de pele e acabou precisando amputar a perna.Os médicos relataram que é provável que a bactéria tenha sido contraída por uma picada de aranha.

“O médico me disse que havia 2% de chance de sobrevivência, então me senti incrivelmente abençoada. Também me disseram que as cirurgias eram fatais, pois eu poderia ter uma chance de sangrar todas as vezes. Quando ele me descobriu, eu não conseguia ver nada além do meu joelho e comecei a chorar”, afirmou Bridgette.

Algo errado com esse post?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.