Mulher tem a mão dilacerada após ataque de serpente durante caçada

Screenshot 20211006 154831

A mulher compartilhou no Instagram as imagens da cobra e como ficou a mão dela, após o bote.

Uma caçadora profissional de pítons, em Everglades, na Flórida, passou por maus bocados, após enfrentar uma píton de quatro metros.

Amy Siewe acabou levando um bote da serpente e perdendo muito sangue. Ela compartilhou no Instagram as imagens da cobra e como ficou sua mão, após o bote.“Realmente não doeu. Só sangrou loucamente por causa dos dentes afiados”, desabafou nas redes sociais.

De acordo com ela, o ferimento não foi profundo porque a cobra não fechou a boca em volta da sua mão, apenas apertou e recuou.“Você pode ver que eles têm uma boca cheia de dentes afiados. Eles são curvados para trás, então quando uma cobra morde sua presa, a presa não consegue escapar”, explica.

Em Everglades, na Flórida, estes animais são considerados uma espécie invasora e que tem prejudicado o ecossistema. Os caçadores são licenciados e pagos para capturar e sacrificar pítons.

Invasão? Como assim?

Segundo informações do portal Roaring Earth, estas serpentes são nativas do sudeste asiático, mas chegaram na Flórida por conta do comércio de animais de estimação.Quando os proprietários decidiam desistir de criar as cobras, deixaram os animais nas áreas verdes em Everglades e eles passaram a se reproduzir. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.