Mulher morre após ter hemorragia interna durante passeio de montanha-russa

9 3

No estado de Indiana  ( EUA ), uma mulher de 47 anos morreu durante um passeio de montanha-russa no parque Holiday World & Splashin’ Safari no último dia 4. Ela foi encontrada desacordada no brinquedo e encaminhada a um hospital local, mas não resistiu. O laudo aponta que a norte-americana teve uma hemorragia interna.

No dia do acidente, Dawn R. Jankovic estava no parque com seu filho de 17 anos, Gunnar Merker, de acordo com o canal Fox 8 . Depois do incidente, a atração foi fechada naquele dia “por respeito à família”, de acordo com o parque. “Uma inspeção completa da montanha-russa foi realizada e determinou-se que o passeio funcionou como deveria.”

O filho da mulher disse à Fox 8 que ela “adorava ir a lugares diferentes como os parques de diversões”. “Ela era uma mãe trabalhadora. Ela tentou o seu melhor para me apoiar de todas as maneiras diferentes”, contou. O pai do jovem disse que Jankovic e o filho amavam montanhas-russas. “Ele e ela são fãs de montanhas-russas. Eles vão para todos os lugares, para visitar diferentes parques de diversões. Só não sei o que pode ter acontecido desta vez”, afirmou.

Causa da morte

Uma autópsia revelou que a morte da mulher “não teve nada a ver com a viagem em si, mas que basicamente teria sido causada apenas pela ‘força'”, segundo Katie Schuck, legista do condado de Dubois, no estado de Ohio.

Continua após a publicidade

De acordo com o portal Indy Star , oficialmente, a causa do óbito foi registrada como sangramento por rompimento da artéria torácica interna, ou seja, a mulher sofreu de uma “hemorragia interna severa”.

Uma ‘vaquinha’ foi criada no site  GoFundMe por Gunnar para ajudar a custear o transporte do corpo da mãe de Indiana para Ohio, seu estado natal. A campanha já ultrapassou a meta de US$ 4 mil (cerca de R$ 20 mil), chegando a arrecadar mais de US$ 12 mil (cerca de R$ 63 mil).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.