dentro

Mulher leva papel com instruções de facção em calcinha durante visita

Uma mulher foi flagrada com um papel escondido na calcinha durante uma visita na penitenciária de Pracinha, interior de São Paulo, próxima a Presidente Prudente. 

O “presente” seria entregue ao companheiro. No bilhete, instruções de uma facção criminosa. A mulher foi descoberta no momento da revista, na entrada dos visitantes.  

Ao passar pelo scanner corporal, as agentes notaram um volume incomum na calcinha. Ela foi chamada para a revista pessoal e foi encontrado um pacote com várias folhas de caderno enroladas. 

As anotações traziam a contabilidade do crime organizado. A mulher foi suspensa do grupo de visitas e o detento responderá por procedimento disciplinar na unidade.  

Em outras unidades prisionais, visitantes foram flagrados tentando entrar com celulares e estimulantes sexuais escondidos no corpo ou nos alimentos levados aos detentos. A polícia instaurou inquérito para investigar as anotações encontradas com a mulher. VEJA A REPORTAGEM:

Relatório

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.