Mulher expulsa o namorado de casa após ele pedir para ela ‘se livrar’ de sua gata

image from rawpixel id 3370617 jpeg 1200x6002 1

Uma mulher se viu em uma situação complicada depois de ir morar com seu namorado, que odeia gatos. Ela, que é dona de uma gatinha chamada Millie, não tinha ideia que a preferência de seu namorado por cachorros era tão forte. “Quando eu e meu namorado começamos a namorar, ele fez a piada de que, se fôssemos morar juntos, ele teria que ‘se livrar do meu gato’, o que eu descartei na épova”, declarou a jovem em uma postagem no Reddit.

Conforme notícia publicada no The Mirror, ela disse que quando o namorado chegava em casa ele fazia piadas sobre “como os gatos são arrogantes” e dizia ser “uma pessoa canina”. Apesar dos comentários, como ele nunca tinha sido hostil com Millie a garota simplesmente ignorou. “Quando começamos a levar a sério a mudança, ele perguntou se eu consideraria entregá-la porque ele não gostava da ideia de morar com um gato. 

Quase ri antes de perceber que ele estava falando sério”, declarou.A jovem foi firme em sua decisão e disse que de maneira alguma deixaria a gatinha para trás, ao que ele respondeu e “garantiu que se ela fosse tão importante” iria superar. O casal estava convivendo bem no apartamento, mesmo com a presença da gatinha. Porém, recentemente, quando o homem entrou em casa sem perceber que sua namorada estava na cozinha, ele fez algo que mudou completamente o clima de romance do casal.

“Millie estava no sofá e eu o ouvi entrar na sala e dar um suspiro. Antes que eu pudesse gritar, o ouvi dizer: ‘Você é tão inútil’. Fiquei apavorada porque nunca o ouvi falar com tanta malícia. Ele parecia uma pessoa diferente. Foi tão frio e hostil que entrei em pânico e corri para vê-lo olhando para Millie”.Apavorada com a atitude do namorado, a jovem correu para sala e pegou sua gata enquanto gritava com o homem e o colocava para fora do apartamento. Segundo seu relato, ela só conseguia soluçar e abraçar a gata.

“Eu estava tremendo e ela percebeu que eu estava chateada e continuou me abraçando. Ela me acalmou e, mais tarde, quando ele mandou mensagem perguntando se poderia voltar, eu disse que sim”, escreveu a jovem.Quando o namorado voltou, ela colocou a gatinha no quarto para que pudessem conversar sobre o ocorrido e, após ouvir a explicação do namorado, sentiu-se “péssima”.

“Ele disse que estava apenas tentando ser ‘maldoso de brincadeira’ e calculou mal o tom. Mas disse ter se sentido horrível por eu escolher um gato em vez dele e chamar de ‘meu apartamento’ o que deveria ser o nosso lugar” .Segundo ela, o homem também disse se sentir em segundo lugar uma vez que foi “expulso de casa por causa de um animal”.No Reddit ela questionou os usuários sobre o ocorrido e foi recebida por diversos comentários preocupados com o bem-estar da gatinha convivendo com o namorado da mulher.

“Por favor, não se sinta uma pessoa ruim por valorizar a segurança de seu gato em relação ao seu namorado. Ele é um adulto completo, capaz de cuidar de si mesmo. Você é o mundo dela e ela precisa de você no canto dela”, dizia um dos comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.