Mulher encontrada morta com marcas de mordidas foi assassinada pelo ex-namorado e estava grávida.

Carlos Rangel Ferreira da Costa, de 48 anos, matou a vítima com as próprias mãos e fugiu para o Pará.

Janaína Ribeiro do Nascimento, 31 anos, encontrada morta e com marcas de mordida pelo corpo, no domingo (18), em um quarto nos fundos de um bar em Peixoto de Azevedo (691 km de Cuiabá), foi assassinada pelo ex-namorado Carlos Rangel Ferreira da Costa, de 48 anos. O laudo da perícia indicou que ela estava grávida. O assassino é procurado pela polícia e está foragido.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) apontou também que a Janaína foi morta devido a uma lesão na cervical, pois teve o pescoço quebrado. Ela foi encontrada dentro de sua casa, nos fundos de um bar.

Conforme a investigação, Carlos teve uma briga com a ex-companheira e a matou com as próprias mãos. Ele tapou a boca e nariz da vítima e com isso obstruiu as vias aéreas. A vítima tentou reagir e lutar, mas teve o pescoço quebrado pelo assassino. A polícia chegou até o autor do assassinato após encontrar parte do celular dele quebrado no local do crime.

O assassino teria fugido em direção ao Estado do Pará, para o Distrito de Castelo Sonhos, no mesmo dia do crime. No local, ele comprou uma passagem com destino a Altamira, no mesmo Estado. Contudo, desistiu de pegar o ônibus com receio de ser abordado no caminho pelas autoridades.

A equipe de investigação de Polícia Civil continua em busca pelo criminoso.

Fonte – Repórt MT