dentro

Mulher é presa por anunciar venda de rins humanos no Facebook por R$ 94 mil

Uma mulher que anunciava a venda de rins humanos pelo Facebok foi presa nesse sábado (16), na Venezuela. Segundo o procurador-geral do governo de Nicolás Maduro, Tarek William Saab, a suspeita – identificada como Marielys del Carmen Yedr – cobrava cerca de US$ 20 mil por órgão, valor equivalente a pouco mais de R$ 94 mil. Em sua conta no Twitter, o líder do Ministério Público deu detalhes da operação.

“Depois de fazer publicações em que oferecia um rim ilegalmente no valor de 20 mil dólares no Marketplace [plataforma de compra e venda do Facebook], foi determinada a busca de uma das pessoas que faziam esse tipo de oferta”, escreveu o procurador no Twitter.

O conteúdo das postagens foi localizado no celular da mulher. Ainda segundo Tarek, o Ministério Público está investigando se há uma rede de criminosos por trás das ofertas.

Na última sexta-feira (15), um socorrista venezuelano viralizou ao compartilhar prints de uma série de anúnicios de rins humanos no Facebook. Um deles vendia “um rim de menina de 15 anos em perfeito estado”.

“Agora, na página do Marketplace eles vendem rins. Conforme indicado pela DM, há muitos anúncios onde eles oferecem rins nesta página. Para aqueles que dizem que não conseguem encontrar posts semelhantes, aqui estão mais alguns e que estava pesquisando acima. Obviamente, quando são denunciados, desaparecem”, compartilha Delmiro de Barrio.

Relatório

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.