Mulher é condenada após asfixiar e matar marido sentando no pescoço dele

esposa mata marido 768x4182 1

Tatyana sentou sobre o pescoço do homem, enquanto ele estava de bruços sobre a cama; ela alegou que tentava acalmá-lo

Uma mulher foi acusada de ter asfixiado o marido com as nádegas, após sentar sobre o pescoço dele durante uma disputa doméstica regada à álcool. A ocorrência foi registrada em Novokuznetsk, cidade no Sudoeste da Rússia.

De acordo com a agência East2West News, Tatyana pesa aproximadamente 101 kg e se recusou a sair de cima de Aidar, mesmo quando ele lhe implorava perdão.

Conforme apurado pelas autoridades, o homem estava de bruços sobre uma cama, com a mulher sentada sobre a nuca dele, enquanto as pernas dela impediam que o restante do corpo da vítima se movimentasse.

Diante da situação desesperadora, a filha do casal deixou a casa para pedir ajuda aos vizinhos. No entanto, nada mais poderia ser feito. Apesar dos gritos e das sacudidas de Tatyana, Aidar estava morto por asfixia após bloqueio do sistema respiratório, segundo relatório médico da ocorrência.

No tribunal, a russa alegou que tentava acalmar o marido e conseguiu se livrar da acusação de homicídio. No entanto, acabou condenada por provocar morte por negligência.

Mesmo assim, o Comitê de Investigação do caso pede vista dos autos para que Tatyana também responda por homicídio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.