MULHER DECIDE SE CASAR COM HOMEM CONDENADO PELO ASSASSINATO DE SEU IRMÃO

casamento assassino irmao widelg

Mulher se casa com homem condenado por matar seu irmão

Uma mulher se casou com o homem condenado pelo assassinato de seu irmão, em 1989, em Cleveland, nos Estados Unidos. A noiva é Crystal Straus, que aceitou formalizar matrimônio com John Tiedjen, no último fim de semana.

Tiedjen recebeu uma condenação à prisão perpétua pelo assassinato de Brian McGary, meio-irmão de Straus, morto aos 18 anos. McGary e Tiedjen moravam juntos na época do crime.

A vítima foi encontrada morta com um golpe de faca no peito e um tiro na cabeça. Após o interrogatório, Tiedjen assinou a confissão do crime mas alegou legítima defesa, de acordo com o The Washington Post.

Segundo o jornal, McGary e Straus cresceram juntos, apesar deles terem pais diferentes. McGary deixou a casa da família para morar com Tiedjen após sofrer castigos físicos.

Romance

O casal começou a manter contatos em 2016, quando Straus enviou uma carta para o assassino do irmão. Ela queria que Tiedjen soubesse que ela o havia perdoado, disse a mulher ao The Washington Post.

Depois do primeiro contato, os dois continuaram a trocar correspondências. E chegaram a passar o réveillon de 2020 conversando ao telefone, ocasião em que ambos se declararam apaixonados pela primeira vez.

– Nós dois tínhamos algo em comum, a perda de Brian – disse Tiedjen. – Começamos a conversar e simplesmente aconteceu – acrescentou.

Tiedjen saiu da prisão em 22 de julho, após passar 32 anos preso. Seus advogados alegaram inconsistência nas provas e conseguiram o deferimento de um pedido para realização de novo julgamento.

O acusado está em prisão domiciliar e a cerimônia de casamento precisou ser feita no quintal de Straus. Tiedjen vestiu uma roupa social para a celebração, mas não pôde tirar a tornozeleira eletrônica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.