Milton Ribeiro ignora críticas e não responde sobre defensora de ideologia de gênero na Capes

milton ribeiro jair bolsonaro e claudia queda de toledo 590x340 1

ministro da Educação, Milton Ribeiro, ignorou as críticas feitas contra Cláudia Mansani Queda de Toledo, empossada para a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e que é uma defensora da ideologia de gênero.

Queda Toledo assumiu no lugar de Benedito Guimarães Aguiar Neto, ex-reitor da Universidade Presbiteriana Mackenzie, apesar de seu histórico ideológico ligado ao progressismo, como a defesa da comunidade LGBT e criticas aos militares.

A nova presidente da Capes também foi criticada por seu currículo considerado fraco para o cargo e inconsistências em relação ao curso de mestrado “Sistema Constitucional de Garantias de Direitos”, sob sua coordenação, que recebeu nota 2 e foi descredenciado pelo órgão.

A Capes é responsável por avaliar os cursos de pós-graduação, divulgar as informações científicas, promover a cooperação internacional e atuar na formação de professores da educação básica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.