Marília Mendonça cantou gratuitamente para 1 milhão de pessoas

Sem titulo 241

Marília Mendonça entendeu bem o que era ser um artista pop. E não estamos falando da glamourização da atitude pop: seguranças mil, paparazzis, luxo, dinheiro e poder. Isso ficou em segundo plano. Pop, popular, do povo. E Marília sabia da importância e dava muito valor a isso. No projeto Todos os Cantos, a sertaneja uniu a atitude pop na grandiosidade do projeto com a essência, a raiz.

Não era um segredo, mas a cantora não gostava de área VIP na frente do palco por acreditar que aquele era o momento dos fãs que pagaram o ingresso para assisti-la e, de fato, a acompanhavam. Marília é aquela que desce do salto alto, literalmente, e se preocupa com o povo.

E foi com esse pensamento, e como forma de retribuir o carinho e agradecer ao público que a segue e que ajudou a torná-la um fenômeno musical, que Marília fez as malas e partiu em turnê para cantar gratuitamente nas 27 capitais do Brasil. Os shows surpresas eram organizados em grandes praças e patrimônios históricos e o anúncio do local e hora feito horas antes do início da apresentação.

A patroa chegava de surpresa em uma cidade, sem anunciar, e panfletava pelas ruas, sim, ela mesma, pessoalmente, no corpo a corpo com os fãs anunciando o show. A turnê foi iniciada no Pará, ao lado de Joelma, na praça do Relógio, no início de agosto de 2018. Cidade onde a sertaneja fez sua primeira apresentação da carreira.

Também em 2018, realizou o show surpresa em Cuiabá, com a participação das amigas Maiara e Maraisa, atraiu entre 10 e 15 mil pessoas.

No dia 29 de maio de 2019, a Torre de TV, em Brasília, foi iluminada para ser palco de Marília Mendonça. O show, que fez parte do projeto Todos os Cantos, foi anunciado apenas horas antes de ocorrer, e mesmo assim a cantora levou mais de 50 mil pessoas ao espaço. Já em Foz do Iguaçu, a patroa reuniu com plateia mais de 60 mil pessoas.

VEJA :

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.