Marido traído troca socos com amante da esposa após flagrar "encontro secreto" e caso vai parar na delegacia

Screenshot 20211124 203056

Um encontro que era para ser secreto acabou em pancadaria no Paraná, após o marido traído descobrir as puladas de cerca da esposa. O caso ocorreu em  Curitiba que mais uma vez virou  palco daquelas histórias de amor e infidelidade que se tornam inusitadas. Desta vez, quem aprontou foi um homem de 63 anos e uma mulher de 60, ambos casados. Na noite de terça-feira , os dois resolveram pular a cerca, mas não sabiam que um dos companheiros traídos estava atento para a história. Por conta de uma falsa comunicação de crime, que vamos explicar abaixo, o caso de amor virou caso de polícia.

O homem casado e a mulher se conheceram pela rede social Facebook, onde conversaram bastante e perceberam que tinham algo em comum, além da aliança na mão esquerda. Ontem resolveram se encontrar na Avenida Prefeito Erasto Gaertner, no bairro Bacacheri. Chegaram a ter um momento íntimo, mas não contavam com a chegada do marido da mulher, que, revoltado partiu para cima do amante.

Aconteceu no local uma luta corporal, com socos para todo o lado. O amante viu que ia perder o embate e saiu correndo do local, deixando o carro e tudo mais. Com medo de voltar ao Bacacheri e encontrar o homem traído, e também de ser descoberto pela esposa, o homem resolveu inventar uma história cabeluda. Quem explica é a delegada Márcia Marcondes.

“Ele inventou uma história de que teve o carro furtado, para que a mulher não soubesse do encontro amoroso que marcou. Ele viu que precisava contar uma história em casa para voltar ao Bacacheri com segurança e acabou também colocando a Polícia Militar (PM) no meio, que obviamente percebeu a lorota”, descreveu a delegada.

O homem de 63 anos foi preso em flagrante pelos policiais por falsa comunicação de crime, uma vez que confessou que estava aprontado. “Ele disse aqui na delegacia que a culpa era da própria esposa, que viajou por 20 dias e o deixou sozinho. O carro que teria sido furtado está no nome dela, aí ela teve que entrar na história e a história caiu por terra”, contou Márcia, de plantão no Centro de Atendimento Integrado ao Cidadão, o Ciac-Sul.

O homem assinou um Termo Circunstanciado e foi liberado. A amante não foi localizada e o marido dela também não. No Ciac-Sul, o ‘Don Juan’ disse que da próxima vez vai manter a pulada de cerca restrita ao Facebook.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.