dentro

Mais de mil advogados se manifestam contra ‘escalada autoritária’ de Moraes

Empresários pró-governo foram alvo de mandados judiciais expedidos pelo ministro.

Um grupo de 1,7 mil advogados emitiu uma nota contra a “escalada autoritária” promovida pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta terça-feira, 23.

Endereçado à nação brasileira, o documento alerta para a “escalada persecutória de cunho ideológico e político, após a ampla divulgação de notícias de que o ministro determinou busca e apreensão contra empresários apoiadores do presidente da República”.

Os advogados alertam que há no Brasil a adoção de “medidas desproporcionais”, promovidas pelo “ativismo judicial” de membros do STF.

“O Brasil assiste atônito às buscas e apreensões, bloqueio de contas em redes sociais, quebras de sigilo bancário e outras medidas desproporcionais contra empresários que apoiam o presidente do Brasil, medidas realizadas de forma totalmente arbitrária, em flagrante assédio processual”, denunciaram os signatários da peça.

Os advogados afirmam que seu objetivo é se manifestar contra a “cultura do cala a boca”.

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.