Mãe joga bebê de outra mulher pela janela do 3º andar de hospital maternidade

design sem nome 1 1 375x250 1

A suspeita teria caminhado até a cama da mulher e atirado o bebê pela janela do terceiro andar do hospital

Uma mulher que acabara de dar a luz é a principal suspeita de ter jogado o bebê de outra mulher da janela da maternidade em Sterlitamak, na Rússia, na última segunda-feira (16). Viktoria Ivanova tinha acabado de dar à luz um menino quando Alina Araslanova, de 29 anos, supostamente caminhou até sua cama e agarrou seu recém-nascido, chamado de Volodya, que morreu quando foi atirado do terceiro andar.

Segundo a imprensa local, o bebê não tinha nem um dia de vida. A suposta assassina tinha acabado de dar à luz a sua segunda filha quando a equipe a viu caminhando até a cama de Viktoria.

Segundo a NTV, as mulheres estavam deitadas em camas literalmente afastadas uma da outra, além de não haver grades nas janelas ou alguém no quarto para evitar a tragédia. A suspeita havia passado algum tempo em um hospital psiquiátrico tratando um quadro de depressão, mas teve alta pouco antes do nascimento de sua filha, pois os médicos concluíram que ela “não representava uma ameaça para os outros”.

Volodya era o terceiro filho de Viktoria Ivanova e seu marido, que não foi identificado, mas afirmou que a família perdoa a suspeita.

“É nossa vontade com minha esposa que esta mulher seja perdoada, não queremos puni-la. Ela deveria ter permissão para viver sua vida feliz”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.