Mãe encontra ‘chupão’ em pescoço da filha de 10 anos; padrasto é o principal suspeito e está preso

Screenshot 20220112 191020

Um jovem, de 23 anos, foi preso pelo Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria) de Ponta Grossa no Paraná na tarde de terça-feira (11), acusado de estupro vulnerável contra uma criança, de 10 anos. A vítima é enteada do suspeito.

Segundo as investigações do Nucria, o caso está sendo investigado desde dezembro de 2021. A mãe da criança relatou que percebeu uma marca roxa no pescoço da criança. 

Ao questionar a vítima sobre o “chupão”, a menina respondeu que a marca foi deixada pelo padrasto e que ele a ameaçava caso contasse a alguém sobre os abusos.De acordo com a denúncia, o abusador esperava a mãe sair de casa para cometer o crime.

A mãe procurou o Nucria, que representou pela prisão do investigado. Ao ser interrogado pela delegada Ana Paula Cunha de Carvalho, o jovem negou as acusações. Além do estupro, ele responderá por ameaça, segundo a delegada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.