Mãe e padrasto são acusados de matar bebê de 10 meses

Sem titulo 588

Um casal foi preso após a morte de um bebê de 10 meses em Guaíba, na Grande Porto Alegre. O menino foi levado ao hospital pela mãe e pelo padrasto na madrugada desta 2ª feira (22.nov), mas já chegou sem vida. Eles alegaram que a criança havia se engasgado com leite, mas a equipe médica percebeu que o corpo da criança apresentava lesões e acionou a polícia.

Aos investigadores, a mãe e o padrasto deram versões contraditórias sobre o que teria acontecido com o bebê. Os policiais suspeitaram do casal, e os dois foram presos em flagrante por homicídio. Pela tarde, a Justiça decretou a prisão preventiva da dupla. A causa da morte ainda será esclarecida pela perícia.

“Se esse crime for confirmado, o que nós temos é uma situação muito grave, uma barbárie né porque seria mais um caso de mãe, no caso, e agora o padrasto assassinando um filho”, afirma o delegado Mario Souza.

A polícia também investiga se outras duas crianças que vivem na casa da família também sofreram maus-tratos. “Nós continuaremos a investigação de outras possibilidades, se houve ou não houve algum crime de cunho sᕮxual, se houve ou não houve alguma outra participação”, comenta o delegado.

VEJA A REPORTAGEM:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.