Madrasta proíbe a filha do noivo de ir ao casamento: “Erro dele, não meu”

Sem titulo 37

Recentemente o jornal britânico Metro divulgou a polêmica história de uma mulher que, ao planejar seu casamento, decidiu que proibiria a entrada de crianças no evento, incluindo a filha de 3 anos de seu futuro marido.

Causou polêmica não apenas a iniciativa de excluir a futura enteada da cerimônia, mas também o fato de se dirigir a seu namorado com insultos, tudo publicado em um grupo no Facebook, onde pedia ajuda para fazer os convites de seu casamento com essa regra.

“Como posso dizer ao meu noivo que não quero a filha dele no nosso casamento? Eu coloquei no convite a regra ‘sem crianças’ e achei que ele entenderia o que quis dizer, mas ele segue dizendo que ela estará lá. Ela tem 3 anos. Vou me casar com ele, não com o ‘elfo dele’. Ela é o erro dele, não meu”, escreveu a mulher na publicação.

Ela aindfa acrescentou que “não a quero porque está muito mimada e ele faz de tudo por ela, mesmo dizendo que não”.

No entanto, ao contrário do que esperava , a noiva recebeu uma avalanche de respostas que criticaram a sua forma de agir, sobretudo pelo fato de que a menina é filha do próprio noivo, portanto faz parte da sua família e é com quem vai partilhar a sua vida. .

Muitos sugeriram que, com tal atitude, que o casamento iria acabar muito rapidamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.