Lula se encontra com Rodrigo Maia e Gilberto Kassab em Brasília

lula sergiolima out2017 868x644 1
Ex-Presidente Luiz Incio Lula da Silva particpa do Seminário sobre Educaçao Pública Desenvolvimento e Soberania Nacional, no CICB. Brasília, 09-10-2017. Foto: Sérgio Lima/PODER 360

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se encontrou com o ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) nesta 4ª feira (5.mai.2021). Em um encontro diferente, o petista também conversou com Gilberto Kassab (PSD).

O tema da conversa com Maia foi a união da posição ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Estado do Rio de Janeiro, de acordo com a CNN Brasil.

No diálogo, Lula teria pedido unidade no Rio para que Bolsonaro possa ser derrotado em seu reduto eleitoral. O ex-presidente também teria indicado que tem intenção de apoiar o nome do deputado Marcelo Freixo (Psol) no Estado.

Maia também está dialogando com o PSD. Como mostrou o Poder360, é possível que o deputado anuncie a sua filiação à legenda comandada por Gilberto Kassab nos próximos dias. Eduardo Paes (DEM), atual prefeito do Rio de Janeiro, já confirmou a mudança.

A equipe do ex-presidente não divulgou informações sobre os detalhes da conversa de Lula com Kassab.

Lula está em Brasília desde 2ª feira (3.mai). O ex-presidente tem se encontrado com diferentes políticos, dos mais diversos partidos. Mas a sua equipe nega que o motivo da agenda seja eleitoral.

Em sua 1ª noite na capital federal, Lula se encontrou com o deputa Marcelo Freixo. De acordo com uma publicação no Instagram do ex-presidente, eles conversaram “sobre o futuro do Rio de Janeiro e do Brasil“.

No encontro também estavam a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, e o ex-ministro da Educação, ex-prefeito de São Paulo e candidato à Presidência em 2018, Fernando Haddad.

Lula também se encontrou com o senador Fabiano Contarato (Rede-ES) na manhã de 3ª feira (4.mai). O ex-presidente reforçou o convite para o senador se filiar ao PT.

Depois, o ex-presidente se encontrou com o ex-senador e presidente do MDB no Ceará, Eunício Oliveira. Os temas foram as alianças regionais para as eleições de 2022 e sobre a pandemia.

É a 1ª viagem nacional de Lula depois de o STF (Supremo Tribunal Federal) anular as condenações da Lava Jato. Ele agora está elegível e apto a disputar a eleição presidencial de 2022.

Pesquisa PoderData já revelou que o petista teria 18 pontos de vantagem sobre Jair Bolsonaro em um eventual 2º turno na disputa pelo Palácio do Planalto. Lula teria 52% contra 34% do atual presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.