Luiz Adriano volta a ter sequência como titular, mas decepciona e ataque segue indefinido

inbound5278972168270011258

O Palmeiras não saiu da Neo Química Arena com um resultado positivo neste sábado, mas a derrota de 2 a 1 para o Corinthians representou uma marca significativa para o Luiz Adriano. Isso porque o atacante voltou a ser titular em três jogos seguidos depois de mais de três meses.

Além do Derby, o camisa 10 também foi escalado por Abel Ferreira para iniciar os confrontos contra a Chapecoense e o Atlético-MG. A última vez que isso havia acontecido foi entre os dias 6 e 12 de junho.

Acontece que o centroavante não conseguiu repetir o brilho que ele já demonstrou com a camisa alviverde. Contra a Chape, ele até chegou a marcar um gol, mas contra o Galo e o Timão foi bastante criticado. Em ambos os jogos, Luiz Adriano ficou preso na marcação dos adversários e participou muito pouco das ações ofensivas do Palmeiras.

Segundo dados do Footstats, ele não finalizou uma vez sequer nesses dois jogos. Com o baixo rendimento, acabou sendo substituído aos 19 e 15 minutos do segundo tempo contra Atlético e Corinthians, respectivamente.

Nas duas ocasiões, ele deixou o gramado para a entrada de Deyverson, principal concorrente pela vaga de centroavante do Verdão. O camisa 16, porém, também não vem agradando quando acionado por Abel.

O ex-jogador do Alavés, da Espanha, não balança as redes desde o dia 30 de junho, quando abriu o placar da vitória de 2 a 1 sobre o Internacional. Desde então, foram 14 compromissos sem marcar gols. Com isso, ele acabou perdendo o status de titular. A sua última aparição entre os 11 iniciais foi em 31 de julho, no empate de 0 a 0 com o São Paulo.

Outra alternativa para Abel Ferreira é escalar o ataque do Palmeiras sem um homem de referência. Ou seja, um time mais móvel, estratégia que ele já utilizou ultimamente. Rony, Dudu, Wesley, Breno Lopes e Willian, por exemplo, são atacantes com mais velocidade e que podem mudar a característica do sistema ofensivo do Palestra.

O comandante português tem até esta terça-feira para definir o time que irá encara o Atlético-MG pela partida de volta das semifinais da Libertadores. Na ida houve um empate de 0 a 0. A bola rola no gramado do Mineirão a partir das 21h30 (de Brasília).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.