Lucas Lima no Atlético MG ? Mattos tentou, mas Abel vetou o negócio

inbound7101575719241050647

Ex-diretor executivo do Palmeiras, Alexandre Mattos concedeu uma entrevista ao ‘ge’, relembrando alguns momentos em que acertou contratações importantes e impactantes no mercado da bola.

Dentre elas, Mattos relembrou a negociação envolvendo o meia Lucas Lima, que chegou ao Verdão do rival Santos, mesmo tendo algumas “rinchas” com torcedores alviverdes.

O ex-dirigente ressalta que a contratação, na ocasião, foi celebrada por muitos, onde teve até de fazer um acordo com o Paris Saint-Germain, que analisava a contratação do meia.

– Em 2018 todo mundo comemorou (a contratação). Ele foi a pedra fundamental de imposição do Palmeiras em buscar jogador. Eu tive que fazer um acordo com o Antero (Henrique), diretor do Paris Saint-Germain, que se o PSG pagasse 8 milhões de euros eu tinha que liberar ele. Era situação acordada com ele. Tive vários clubes, China pagando horrores, time da Alemanha, Espanha, Portugal. Todo mundo aplaudiu.

  • Alexandre Mattos e o meia Lucas Lima na apresentação do jogador pelo Palmeiras – (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Por fim, Mattos destaca que Lucas Lima teve sua importância na conquista do Campeonato Brasileiro de 2018, mas que de fato não rendeu o esperado, pelas altas cifras no acordo.

Contudo, sem muita ênfase, Alexandre Mattos revelou que, pelo Atlético-MG, com Jorge Sampaoli como técnico, em 2020, tentou a contratação de Lucas Lima junto ao Verdão, mas o técnico Abel Ferreira teria vetado o negócio.

– (Lucas Lima) Foi importante em 2018, não rendeu o esperado… no Atlético-MG eu tentei pegar o Lucas Lima porque o Sampaoli queria, mas o Abel vetou – afirmou.

Atualmente, Lucas Lima ainda pertence ao Palmeiras. Entretanto, 2022 será o último ano de vínculo do meia com o Verdão, que já não conta com jogador deste a metade da última temporada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.