Lori Loughlin desembolsa R$ 2,8 mi para bancar estudantes

Sem titulo 545

A atriz Lori Loughlin, 57, irá pagar pela formação universitária de dois alunos após ter deixado a prisão, em dezembro do ano passado, por ter participado de uma fraude para colocar suas filhas na Universidade do Sul da Califórnia.        

 Loughlin foi presa com seu marido, após se confessar culpada, em outubro de 2020. Na época, a atriz foi condenada a dois meses de prisão, enquanto seu companheiro teve uma pena de cinco meses.          

Uma fonte afirmou ao site US Weekly que ela cumpriu sua pena na prisão, completou o tempo em liberdade condicional, prestou serviço comunitário e também pagou todas as multas judiciais envolvidas no processo.      

  “Em privado, [ela] providenciou que dois alunos fizessem quatro anos de faculdade”, revelou a fonte, que acrescentou que a atriz também pagou pelas mensalidades e outras despesas dos alunos. Segundo o site, ela teria desembolsado mais de US$ 500 mil, cerca de R$ 2,8 milhões.          

“[Ela sente] um estigma atribuído a ela por pessoas que não querem que ela tenha nenhum sucesso”, completou a fonte, dizendo que dessa forma, a atriz espera poder seguir em frente. No ano de 2019, ela e seu marido Mossimo Giannulli, receberam acusações de comprar vagas para suas filhas Bella, 23, e Olivia Jade, 22, na Universidade do Sul da Califórnia.          

As jovens foram matriculadas falsamente como pertencentes à equipe de remo mediante o pagamento do equivalente a US$ 500 mil (R$ 2,8 mi). Segundo a Reuters, Giannulli recebeu como pena, além dos cinco meses de prisão, uma multa de US$ 250 mil (R$ 1,4 milhão) e 250 horas de trabalho comunitário.            

Recentemente, a atriz voltou a atuar na segunda temporada da série “When Hope Calls”, spin-off de “When Calls the Heart”. Ela, que fazia parte do elenco da primeira produção retorna agora com a mesma personagem, Abigail Stanton, para a produção derivada.        

  As imagens divulgadas são do episódio especial de Natal, que terá duas partes. Prevista para estrear em dezembro, essa será a primeira vez que a atriz aparecerá na TV americana desde que foi presa, em outubro do ano passado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.