Justiça de MG concede divórcio a homem morto

Sem titulo 105

Em uma rara decisão, a Justiça de Minas Gerais concedeu o divórcio a um homem que já morreu. O processo teve andamento por causa de um pedido da filha dele, para que a herança não fosse dividida com a ex-mulher do homem.

ASSISTA A REPORTAGEM ABAIXO:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.