Justiça acionará Anitta por edital em processo movido por fã

Sem titulo 32

Acionada na Justiça do Rio de Janeiro no final do ano passado,  Anitta – que teve o valor de sua fortuna revelada – ainda não foi localizada desde então por um oficial e agora, deve ser citada por edital do processo, movido por Maria Ilza de Azevedo. No documentário ‘Anitta — Made in Honório’, ela aparece no quinto episódio e, segundo mostrado na série, ela teria invadido a casa da cantora. No processo, porém, Maria Ilza diz que a sua entrada no imóvel foi devidamente autorizada.

À Justiça, a mãe de Anitta, Miriam Macedo, teria dito que a filha estaria residindo no exterior e não teria previsão de retorno. O advogado de Maria Ilza, que entrou com a ação também contra a Netflix, pediu a citação da estrela por edital já que foram várias tentativas -três só no mês de agosto – de encontrar a Poderosa, segundo a matéria do site Hora Top TV & Novela. Dona Maria Ilza alega que foi ridicularizada por causa da cena e entrou com uma ação na Justiça. A produção apresentou um documento da senhora autorizando o uso da imagem no documentário. Só que a perícia comprovou que a assinatura foi falsificada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.