Jovem foi para o hospital com falta de ar e voltou com braço e dentes quebrados

stefany

Stefany Avila, 20, acusa um segurança do Hospital Municipal Pedro II, no Rio de Janeiro, de agredi-la na madrugada desta quinta-feira (20). Ela teve um braço e dois dentes quebrados nas agressões. 

A jovem Stefany foi levada ao hospital pelo pai com falta de ar. Sem conseguir falar, ela precisava que o pai entrasse para ajudá-la, mas o segurança não permitiu, alegando que apenas médicos poderiam autorizar a entrada de acompanhantes. Pai e filha decidiram entrar mesmo assim, mas foram impedidos.

“Os seguranças foram atrás da gente, puxou o meu pai pelo braço, encurralou ele, e eu entrei em desespero achando que ia acontecer alguma coisa com ele”, disse para a Rede Globo. Para proteger o pai, Stefany entrou no meio da confusão. A jovem garante que não agrediu os seguranças, mas recebeu um golpe “muito feio”, que a fez cair no chão e quebrar dois dentes e um braço.

Mesmo com as lesões, Stefany só foi atendida no hospital depois da chegada de uma viatura. Do hospital, pai e filha foram registrar o boletim de ocorrência na delegacia. O segurança que agrediu a jovem não foi preso, mas a diretoria do Hospital optou por afastá-lo até a conclusão da investigação policial, conduzida pela 36ª DP (Santa Cruz).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.