‘IstoÉ’ sugere acabar com o presidente Bolsonaro

revistaIstoE.CapaBolsonaro

A Revista IstoÉ publicou uma nova edição nesta semana em que sua capa sugeriu “acabar” com o presidente da República, Jair Bolsonaro.

De acordo com o texto publicado no site, com o título “Ele caminha para a ruptura. As instituições não vão permitir”, a revista afirma que as “chances de Jair Bolsonaro se reeleger diminuíram dramaticamente”, usando algumas pesquisas como fontes, sem no entanto, citar as manifestações populares em apoio ao governo Bolsonaro.

A capa da edição da revista traz a seguinte afirmação: “Ou o Brasil acaba com Bolsonaro, ou Bolsonaro acaba com o Brasil”.

Segundo a IstoÉ, Jair Bolsonaro estaria tentando “subverter o processo eleitoral” e defendendo um “golpe”.

IstoÉ recebeu quase R$ 350 milhões na era Lula e Dilma.

Nas redes sociais a capa da revista foi criticada por incitar o ódio contra Jair Bolsonaro.

“O que aconteceria se o alvo dessa mensagem de ódio fosse um ministro de corte superior?”, questionou Leandro Ruschel em uma publicação no Twitter.

O assunto esteve na pauta do Boletim da Noite dessa sexta-feira (20).

“É surreal a forma como as pessoas tem coragem de falar que o Brasil [os brasileiros, apoiadores do governo Bolsonaro] ataca instituições, quando o que a gente vê são coisas como essas [capa da IstoÉ], né? Ataques diretos ao presidente da República, incitação violenta contra ele”, disse a jornalista Andreia Luíza Matias.

Já o jornalista Allan dos Santos lembrou que Jair Bolsonaro já foi alvo de diversos ataques, incluindo a faca que quase o matou durante a campanha presidencial em 2018.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.