Influenciadora foi dopada e abusada em rodeio de Jaguariúna

ckl86zm9w4gw68tsr25t0tvri

Franciane Andrade, 23 anos, contou em seus stories do Instagram, terça-feira (30), a descoberta de que foi dopada e  abusada no rodeio de Jaguariúna, cidade do interior de São Paulo, realizado nos dis 26 e 27 de novembro. A estudante universitária e influenciadora digital disse que sentiu muitas dores na segunda, mas somente ontem foi ao médico. “Não sabia que tinha sido violentada, comecei a sentir dor ontem à noite, e hoje vim ao médico.”

“Eu não sei nem como contar isso aqui. Acabei de correr atrás de B.O. (boletim de ocorrência), fui no IML (Instituto Médico Legal) aqui em Mogi Guaçu (cidade em que Franciane mora), fiz um exame, a polícia constatou que houve estupro e não sabe me dizer se foi um, dois ou três (homens)”, relatou a jovem bastante abalada. 

Continua após a publicidade

O caso foi registrado na Delegacia da Mulher de Mogi Guaçu, mas foi encaminhado ao município de Jaguariúna para seguir a investigação, de acordo com a delegada Giselle Barbosa Castello. O crime investigado é o de estupro de vulnerável –  como o da influenciadora Mariana Ferrer -, quando a vítima não tem condições de apresentar resistência.

“Vou ter que falar para os meus pais que fui abusada”

Leia também

A jovem diz que está arrasada e pediu ajuda para seus seguidores. “Jaguariúna tem que se responsabilizar por isso. Eles têm que entrar em contato comigo. Eu paguei um dos camarotes mais caros para ter segurança e aconteceu isso, e ninguém me ajudou?”, desabafou a estudante. Franciane fez os vídeos enquanto estava na Santa Casa de Mogi Guaçu, esperando para receber o coquetel contra doenças sᕮxualmente transmissíveis, “porque posso pegar uma doença ou engravidar do abusador.”

Algo errado com esse post?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.