dentro

“Infelizmente”, Leonardo tem a pior notícia confirmada e show é cancelado às pressas: “Risco alto”

O artista teve a sua apresentação vetada pela justiça por conta de risco aos cofres públicos

Leonardo, um dos cantores sertanejos mais famosos do Brasil, não costuma se envolver em polêmicas fora dos palcos, no entanto, o pai de Zé Felipe sofreu um revés na última semana.

Acontece que o famoso teve um dos seus shows, que estava marcado para último final, cancelado pelo ministério público. De acordo a justiça a apresentação que aconteceria na festa junina da cidade de Cachoeira Alta, em Goiás apresentava um risco alto aos cofres públicos.

Além de Leonardo, a banda Barões da Pisadinha também iria se apresentar no evento, juntos, os artistas iriam receber um cachê de aproximadamente 800 mil reais.

O MP já havia pedido a justiça o cancelamento das apresentações há cerca de duas semanas, mas a pior notícia de que os shows seriam oficialmente cancelados só foi confirmada na última sexta-feira, às vésperas do evento.

Humberto Martins, presidente do STJ argumentou que a suspensão se faz necessária como medida de cautela, devido ao custo de cerca de R$ 1,5 milhão para a realização da festa. Ele acrescenta que Cachoeira Alta é um município pequeno e com “serviços públicos precários”.

Segundo o Ministério Público, o município possui graves problemas na oferta de serviços públicos essenciais.

Em sua decisão, o presidente do STJ destacou que a cidade está sendo questionada judicialmente quanto à eficiência dos serviços públicos prestados, o que, para o ministro, justifica a cautela na suspensão do festival.

“Há risco de perigo da demora inverso, uma vez que, ao ser permitida a realização dos shows em comento, ocorrerá a consequência irreversível da realização da atividade cultural com prejuízo aos cofres públicos, sem a convicção robusta de que não está havendo a malversação do dinheiro público”, afirmou Martins.

CANTORES SERTANEJOS ESTÃO ENVOLVIDOS EM POLÊMICAS ENVOLVENDO FESTAS PÚBLICAS

Antes de Leonardo e os Barões da Pisadinha terem seus shows cancelados, a polêmica sobre o uso de verba pública apresentações musicais começou quando o cantor Zé Neto, da dupla com Cristiano, criticou, durante um show em Sorriso (MT), os artistas que se apresentam com verbas da Lei Rouanet.

No entanto, a critica acabou sendo revertida contra os próprios sertanejos, que desde então estão tendo suas apresentações questionadas na justiça.

Nas redes sociais o assunto virou um dos principais debates das últimas semanas e há quem diga que os cantores sertanejos estão sofrendo uma perseguição do Ministério Público.

“Infelizmente os sertanejos que nos representam estão sendo caçados injustamente“, disse um usuário do Twitter, comentando o cancelamento do show de Leonardo em Goiás. “Não tem que ter show de ninguém com dinheiro público, ponto e acabou“, rebateu um segundo internauta.

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.