Impeachment de Moraes: PSDB, DEM e MDB criticam Bolsonaro

77B455CC 80AC 4F84 8873 B1BA326E7D0E

Neste domingo, outros três partidos se juntaram e emitiram uma nota para criticar o pedido de impeachment apresentado pelo presidente Jair Bolsonaro contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Assinados pelos presidentes do do PSDB, Bruno Araújo, do DEM, ACM Neto e do MDB, Baleia Rossi, o texto aponta que o pedido é “injustificado” e revestido de “caráter político”.

O impeachment foi enviado por Bolsonaro ao Senado na sexta-feira (21). No documento, o presidente diz que Moraes cometeu “atentados à liberdade de expressão”, “censura jornalistas e comete abusos contra o presidente da República”. Além disso, afirmou que o ministro promoveu uma ruptura do estado democrático de direito com suas ações e que não se pode “tolerar medidas e decisões excepcionais “.

Com o título de “a democracia é o único caminho a ser seguido”, a carta conjunta entre PSDB, DEM e MDB disse lamentar que ” em momento de tão grave crise socioeconômica, o Brasil ainda tenha que lidar com a instabilidade política e com o fantasma do autoritarismo”.

Para as siglas, “apenas o diálogo será capaz de guiar esse percurso em busca de soluções para as crises econômica, de saúde, e social que assolam o país”.

Por fim, as legendas disseram ser “imprescindível que as instituições tenham capacidade de exercer suas funções com total liberdade e isenção. Essa é a garantia que o país precisa para seguir fortalecendo sua democracia e os anseios da nação”.

Algo errado com esse post?

Leave a Reply
  1. PSDB , DEM , MDB o povo tem que lembrar desses partido e não votar mais em ninguém filiados a eles isso que tem que fazer além de votar contra o voto impresso ágora defende esse cidadão que está rasgando a constituição brasileira achando que é o todo poderoso acho que não sabe nem oque significa essa palavra constituição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.