Homem que matou e decapitou bebê será morto com tiro na cabeça

bebe 590x354 1

O homem que matou e decapitou uma menina de oito meses renunciou o direito de buscar clemência do presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko.

 Victar Syarhel, 48 anos foi condenado a ser executado com um tiro na parte de trás da cabeça. A mãe da menina, Nataliya Kolb, 26 anos, enfrenta 25 anos de prisão.

Os dois amigos bebiam no apartamento da mulher quando a mataram a menina. Ela foi assassinada com uma faca de cozinha e teve 46 ferimentos pelo corpo. Segundo o tribunal que julgou o caso, o assassinato foi cometido com “crueldade particular”.

O pai da bebê, Leonid, 28, encontrou a filha decapitada e uma poça de sangue no momento que chegou em casa com os outros filhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.