Homem morre com tiro no rosto disparado por amigo durante brincadeira

0 11

 Brincadeira fatal. Um homem de 35 anos foi morto com um tiro na cabeça, disparado por um amigo de longa data, de 26 anos. De acordo com a Polícia Civil de Goiás, a apuração do caso aponta que o disparo que matou a vítima foi acidental.

O caso aconteceu na capital goiana. Segundo a corporação, um terceiro amigo presenciou o fato e relatou que vítima e autor brincavam quando houve o disparo da arma. À polícia, a testemunha informou que quem disparou achou que a arma estivesse completamente descarregada.

O incidente foi no local de trabalho da testemunha, localizado no bairro Jardim Curitiba III, onde os três tinham o costume de se encontrar. Ao Metrópoles, o delegado responsável pela investigação, André Veloso disse que o autor já foi identificado e se apresentou espontaneamente à Polícia Civil.

“O autor portava uma arma, da qual ele tem o registro, ele já tinha dado a entrada no CAC, que é a licença de Atirador Desportivo, Caçador. No entanto, quando ele foi desmuniciar essa arma, ele inverteu a ordem e fez um procedimento errado. Ao fazer uma brincadeira, ele apontou a arma para o rosto da vítima e teclou o gatilho e o disparo matou a vítima, amigo do autor”, declarou o delegado.

Apresentação

“O autor se apresentou espontaneamente, ele está colaborando com as investigações e nós combinamos com o advogado que ele vai trazer a arma nesta sexta-feira (19/11). Ele não tem passagem criminal e, por conta disso, a gente entende que, pelo menos nesse primeiro momento, não há necessidade de prisão preventiva ou temporária”, completou Veloso.

Ainda segundo Veloso, após a entrega da arma usada na brincadeira mortal, o objeto deve passar por perícia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.