Homem entra em funerária para fumar maconha e acaba incendiando local e causa prejuízo de R$ 10 mil

7e3770c3 ce76 4864 af69 2859a9cb43e42

Suspeito disse que queria apenas fumar a droga e que, sem querer, incendiou o local. Dono da funerária acredita em incêndio criminoso

Um homem de 45 anos foi preso após incendiar uma funerária em Jaíba, no Norte de Minas Gerais. Ele disse que queria apenas fumar maconha no local, mas acabou, na versão dele, colocando fogo acidentalmente na funerária. O caso aconteceu no último sábado (3) e o suspeito assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado. O prejuízo foi de mais de R$ 10 mil.

De acordo com o dono da funerária, Jubson Leandro Guimarães, de 56 anos, vizinhos do estabelecimento ligaram para ele por volta de 22h e avisaram sobre o incêndio. Quando chegou no local ele encontrou o suspeito ainda lá dentro. O homem fugiu, mas vizinhos conseguiram segurá-lo até a chegada da Polícia Militar. 

O dono da funerária disse que foram queimadas urnas e diversos produtos usados pelos funcionários. Segundo ele, janelas e torneiras foram quebradas e uma parede foi pichada.
Apesar do suspeito dizer que ele não tinha intenção de colocar fogo no local e que queria apenas fumar um baseado, o dono da funerária não acredita nisso. 

“Havia três focos de incêndio e ele quebrou as janelas e torneiras. Acredito que ele fez isso de propósito, já que ele é primo do dono de uma funerária concorrente”, relatou. O dono da funerária disse ainda que iria construir um salão de velório, mas agora com os prejuízos, as obras terão que ser paralisadas. 

O incêndio foi apagado pelo dono da funerária com a ajuda de moradores. O suspeito chegou ao local em uma bicicleta que foi apreendida. No entanto o suspeito foi liberado, após assinar o TCO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.