Homem é retirado à força de ônibus por guarda

Sem titulo 398

Um homem foi retirado à força de dentro de um ônibus em Campo Limpo Paulista, interior de São Paulo. Os passageiros, que filmaram a ação truculenta, afirmavam que ele não fez nada, tentando defendê-lo. 

A confusão aconteceu por conta das mudanças no sistema de cobrança da tarifa do transporte público na cidade. De acordo com testemunhas, o rapaz teria se recusado a pagar a tarifa duas vezes porque a prefeitura deu um tempo para que a população se adequasse às novas regras. 

A cidade implementou um bilhete temporal na última 2ª feira (8.nov). A modalidade permite ao usuário fazer a integração entre duas linhas diferentes em até uma hora e meia, em qualquer ponto, sem pagar duas passagens. 

No entanto, os moradores reclamaram que a alteração, que obriga a adesão ao bilhete temporal, acaba ficando mais cara para moradores de outras cidades ou bairros mais distantes, já que eles teriam que pagar mais passagens. 

Em nota, a Guarda Municipal afirmou que recebeu um chamado para conter um homem que queria colocar fogo em um ônibus. O rapaz, que estaria “alterado”, foi levado para a delegacia e a prefeitura disse que está apurando as duas versões com a Polícia Civil. 

VEJA:

Algo errado com esse post?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.