Homem é preso por chutar barriga de companheira grávida e provocar aborto

images 12

Um homem, de 37 anos, foi preso em Florestal, na região Central de Minas Gerais, depois de agredir a companheira grávida, de 29 anos, com chutes na barriga, agressão esta que levou ao aborto do bebê de 6 meses.  O caso aconteceu em Florestal, na região Central de Minas Gerais, no dia 2 de novembro, e foi divulgado pela Polícia Civil nessa quinta-feira (25).

Depois de ter sido preso, o homem foi indiciado por lesão corporal grávissima resultante em aborto. O crime foi agravado pelo fato de ter ocorrido em ambiente familiar. O suspeito foi preso no dia 19 deste mês, e, desde então, permanece no sistema prisional. O inquérito foi concluído no dia 16 de novembro.

O crime

De acordo com informações da Polícia Civil, o homem agrediu a companheira na frente do filho dela, de apenas 8 anos. Além de dar chutes na barriga dela, o criminoso ainda a asfixiou. Ela foi socorrida em estado grave em um hospital de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. 

O autor era pai da criança. Os dois mantinham um relacionamento há três anos.Ainda segundo a Polícia Civil, este é o segundo registro de crime semelhante cometido pelo homem. Em 2013, ele também bateu na companheira grávida dele.

Algo errado com esse post?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.