Homem é morto após ser colocado na mesma cela que irmão de uma de suas vítimas

Sem titulo 9

Nos Estados Unidos , um homem chamado Shane Goldsby foi preso e colocado na mesma cela que o criminoso que abusou sᕮxualmente de sua irmã menor. O homem, que já estava na prisão, cumpria sentença por abuso infantil, estupro de menor e posse de material contendo pedofilia.

Quando reconheceu o criminoso que atacou sua irmã, Shane o agrediu até a morte como vingança. O irmão terá sua sentença decretada ainda nesta terça-feira, 10.

“Eu estava em choque. Eu estava tipo, ‘mas que diabos?’. Isso não acontece. Você está falando da mesma instituição, a mesma unidade, o mesmo pavilhão e a mesma cela que esse cara. Isso é como ganhar no cassino sete vezes”, disse Shane ao jornal KHQ.

No entanto, Goldsby declarou que o encontro não foi coincidência e teria sido organizada pelos carcereiros do Centro Correcional Airway Heights. Contudo, após investigação da polícia de Washintgon, foi atestado que os agentes não tiveram interferência na situação. 

Segundo os autores do processo, o abusador chamado Robert Munger “morreu depois que Goldbsy o atingiu no rosto e na área da cabeça cerca de 14 vezes, (pisoteou) em sua cabeça pelo menos quatro vezes e (chutou) mais algumas vezes antes de se afastar e ser levado sob custódia pelos carcereiros”. 

Shane Goldsby está há anos ora em liberdade e ora em prisão. A razão pela qual ele foi levado ao Centro Correcional de Airway Heights é porque Goldsby agrediu ao menos 20 agentes penitenciários, o que o levou a ser transferido de vários presídios até, em junho de 2020, ser destinado a mesma cela de Munger.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.