Guarda civil acusado de ped0filia é assassinado por pai de criança.

O homem amanheceu morto dentro de uma cisterna em Planaltina de Goiás. Antes de ser assassinado, foi espancado e torturado pelo pai de duas meninas, de 8 e 9 anos

O Guarda Civil Municipal Italnair Silva Siqueira, 46 anos, amanheceu morto dentro de uma cisterna no Setor Sul em Planaltina de Goiás. Antes de ser assassinado, Italnair foi espancado e torturado pelo pai de duas meninas de 8 e 9 anos.

Na noite de quinta-feira (1º/2), horas antes de ser assassinado, Italnair admitiu ter abusado sᕮxualmente da criança de 9 anos na companhia de um comparsa, vulgo “Gordinho”.

Os estupros da dupla teriam sido cometidos diante da menina de 8 anos. As duas crianças são filhas do homem que gravou a confissão do suposto pedófilo mediante tortura. Segundo informações policiais, o Guarda Civil era usuário de drogas.

O pai das meninas e assassino do pedófilo desapareceu após cometer a sequência de crimes. A polícia não descarta que ele também tenha abusado a filha antes do crime.

Policiais civis e militares empreenderam caçada pelo assassino, já devidamente identificado. A identidade dele será preservada para manter a integridade das crianças.