Grávida é abusada dentro de hospital

Sem titulo 328

Uma mulher grávida de cinco meses afirma que foi dopada e abusada sᕮxualmente por um técnico de enfermagem nessa segunda-feira (25), enquanto estava internada no Hospital Regional José Mendes, em Itacoatiara, no Estado do Amazonas. As informações são do Em Tempo.

De acordo com a vítima, ela foi ao hospital após sentir fortes dores no estômago. Ao chegar, foi atendida e encaminha por uma enfermeira até a sala de reanimação, onde tomaria os remédios.

A enfermeira fez um acesso pela virilha da grávida para colocar as primeiras medicações. Depois, a profissional solicitou que o outro enfermeiro continuasse o procedimento e se afastou. Ele aplicou um medicamento, por meio de uma seringa, e não informou à vítima qual era.

Ainda segundo a jovem, ela ficou sonolenta e adormeceu, mas começou a sentir dores nas partes íntimas e despertou. Assim que abriu os olhos, viu o homem com as mãos dentro da sua virilha.

Assim que recobrou totalmente a consciência, a vítima comunicou a enfermeira o que tinha acontecido e ligou para a sua mãe, que foi ao hospital atrás do enfermeiro. Porém, ele já tinha ido embora.

O diretor do hospital foi acionado e mostrou algumas fotos dos profissionais. A jovem reconheceu o enfermeiro e o gestor do hospital afirmou que ele será afastado.

Depois disso, a mulher foi até a delegacia e registrou o caso. Passou por exames de corpo de delito que comprovaram o estupro. O suspeito ainda não foi preso

VEJA A REPORTAGEM:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.