Golpista de app se passa por mulher e ataca rapaz com água fervente

Sem titulo 76

Um rapaz de 29 anos foi vítima de um golpe após entrar em um aplicativo de relacionamento em Belo Horizonte. O homem conversou por três meses com uma pessoa que ele acreditava ser uma nova pretendente. 

Porém, ao conhecer pessoalmente, encontrou um maníaco: o dono do perfil falso jogou água fervente na vítima. O jovem foi socorrido com queimaduras no rosto, tórax e braços e levado a um hospital. Foram três horas de cirurgia após ficar com queimaduras de segundo grau e 20% do corpo atingido.

Após conversar com outras mulheres, o rapaz se interessou por uma jovem que se apresentou como “Juliana”, sem desconfiar da história contada pela “fake”. A mãe da vítima alertou o filho, sem sucesso. A família foi surpreendida após vizinhos relatarem que um homem pichou o carro e o portão de casa. 

O encontro do rapaz com a suposta mulher foi intermediado por um amigo da “fake”. Ao entrar no imóvel, descobriu que “Juliana” era um perfil falso criado por Mateus de Souza Ornelas, de 25 anos.

Em depoimento, o golpista afirmou que a todo tempo era ele quem conversava com o jovem, e que atacou a vítima com água fervente porque sentia ciúmes.

Algo errado com esse post?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.