Gil do Vigor relembra dificuldade financeira e agradece: 'Consegui dar pra minha família o que sempre desejei'

2407934015357120610448606239997994877321134n
gil do vigor

Economista e ex-participante do BBB fala sobre realizações de sonhos: ‘O que me fez não desistir foi repetir pra mim mesmo que era possível’

Gil do Vigor abriu o Tá Lascado, quadro do Mais Você, falando sobre sonhos. O ex-participante do BBB sempre posta em suas redes sociais vídeos incentivando os fãs a não desistirem de suas batalhas. O economista relembrou uma parte da infância que passou algumas dificuldades e viu a mãe, dona Jacira, perder o lugar que morava por falta de pagamento do aluguel. Ele afirmou que um dia mudaria a vida da família e, hoje, agradece por ter conquistado o que desejava.
“Cortaram a energia e disseram que era pra gente sair de casa, fomos jogados no meio da rua. Mainha começou a chorar sem saber o que fazer. Vi mainha passando por tanta coisa e falei que um dia ia dar o mundo todinha pra ela. Olhando, hoje, consegui dar pra minha família o que sempre desejei, independente de qualquer coisa, não tem como dar errado porque já realizei todos os meus sonhos. Daqui pra frente, é trabalhar mais porque queria ajudar outras pessoas a realizarem seus sonhos”, afirmou Gil.

O ex-BBB contou que falava para amigos que estudaria nos Estados Unidos antes mesmo de se aplicar para uma Universidade norte-americana. Ele queria tanto fazer o PHD fora do Brasil que mentalizava isso o tempo todo: “É muito importante falar sobre sonhos. Foi o que fez eu não desistir, repetir pra mim mesmo que era possível. Um amigo meu – que estava dando em cima, encontrei na internet, não vou mentir – tava olhando as mensagens que mandei antes pra ele e a primeira coisa que falei é que ia fazer PHD nos Estados Unidos, eu não tinha nem me aplicado.”

Gil também falou sobre uma aula que teve no PHD e que misturava matemática com lição de vida. “É uma equação que está falando de acúmulo de capital. Ter a decisão entre produzir e consumir, gente não vai morrer só trabalhando e nem viver só no lazer, tem que ter a escolha entre capital e trabalho. Nessa escolha, você precisa achar uma equação que dê as suas decisões em cada período de tempo. É a minha vida representada na equação”, explicou ele, que completou:

“Muitas vezes a gente está preocupado com o amanhã, só que a decisão que tomamos hoje vai decidir nosso amanhã. Não dá pra ficar se preocupando com a decisão que tomei hoje, quando for amanhã que eu colher as decisões de ontem não dá pra ficar chorando. Tem muita lição de vida até na matemática.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.