Garota de 13 anos sofre parada cardíaca após engasgar com pedaço de carne e fica 60 dias na UTI

sthefany 4 1024x6822 1

Agora ela luta para recuperar movimentos, nas pernas, braços, visão e fala afetados pelo acidente.

Goiânia – O que poderia ser um acontecimento trivial acabou se configurando em um pesadelo no almoço em família do dia 22 de abril deste ano. Sthefany Vitória Ribeiro, de 13 anos, engasgou com um pedaço de carne, perdeu a respiração e, na sequência, sofreu parada cardiorrespiratória por 20 minutos.

Os médicos conseguiram reverter a situação no hospital de Senador Canedo, cidade de Goiás onde ocorria a reunião familiar. Logo depois, foi transferida para Goiânia e permaneceu por 60 dias na UTI.Agora, ela se dedica ao tratamento para recuperar movimentos, nas pernas, braços, visão e fala afetados pelo acidente.

Sthefany e o pai, Geraldo Pedro, de 32 anos, se mudaram para o setor Vila Nova, em Goiânia, próximo ao Centro de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo, para facilitar a rotina de tratamento.

Fisioterapia, hidroterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, visual e a mais recente, equoterapia, preenchem a agenda da garota, que se mostrou uma paciente determinada.“Estou indo, mas é muita dor e muito esforço”, conta Sthefany ao Metrópoles.

A jovem diz que se sentiu feliz ao constatar que se tornou um exemplo para muitas pessoas. “Recebi várias mensagens sobre a minha história de vida e superação. Sempre quis ajudar as pessoas, então quero falar sobre isso”, diz ela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.