dentro

Galã mais lindo da Globo se assume gay e termina casamento de anos com mulher: “Gosta de homem”

Atualmente, o ator Reynaldo Gianecchini fala sem problemas sobre a sua sᕮxualidade, que é definida por ele como “pansᕮxual

Galã dos anos 2000 e protagonista de várias novelas da Globo, Reynaldo Gianecchini já viu sua sᕮxualidade ser colocada em tabloides por diversas vezes. O artista trouxe respostas a esses questionamentos em 2019, quando revelou ao jornal O Globo que sempre se relacionou com homens e mulheres ao longo da vida.

O ator debutou em novelas no ano de 2000, em “Laços de Família”, como o protagonista Edu. Logo em seu primeiro papel, o famoso se tornou o favorito por Manoel Carlos para estrelar sua nova aposta na Globo, mas acabou se tornando alvo de muitas críticas por causa de sua atuação.

Reynaldo Gianecchini conseguiu prestígio e reconhecimento por seu trabalho nos anos seguintes, ao mesmo tempo em que estabelecida uma firme relação com Marília Gabriela. Os dois foram casados por nove anos e chamavam atenção pela diferença de idade. O problema é que desde essa época a sᕮxualidade do bonitão já era alvo de questionamentos.

FLAGRA EM PRAIA

Em 2017, o artista foi flagrado em clima de romance com outro rapaz durante uma viagem a Ibiza, na Espanha. A assessora dele,  Tatiane Zeitunlian, disse à revista Veja que tudo não passava de uma maldade sobre o cumprimento do ator a outro amigo.

PANSEXUAL

Dois anos depois, Reynaldo Gianecchini falou mais de uma vez à imprensa que gosta de tudo, e não se limita aos gêneros masculino e feminino na hora de se relacionar com alguém. O termo correto usado para alguém que se identifica a essa sᕮxualidade é pansᕮxual.

À agência de notícias EFE, o ator afirmou: “Dizem que sou gay, mas não me considero assim. Eu me considero tudo ao mesmo tempo. Se existir uma palavra para mim, então é ‘pan’”.

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.