Gabriel Menino diz que Ouro Olímpico foi um sonho e diz : Agora estou mais leve e solto

inbound7747740167146550843

Depois de mais de um mês, Gabriel Menino está de volta ao Palmeiras. Após participar da conquista da medalha de ouro com a Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de Tóquio, o camisa 25 se reapresentou na manhã desta quarta-feira e treinou com o restante do elenco. Em seu retorno ao Verdão, o jogador falou da experiência de disputar uma Olimpíada e ser campeão.

“Eu fui para viver um sonho, que eu sonhava desde criança. É um sensação incrível, uma das melhores coisas que eu senti na minha vida. Vivi o momento, vivi o meu sonho, e desfrutei muito do que eu vivi lá. Pudemos trazer o ouro para casa”, disse à TV Palmeiras.

Nos Jogos Olímpicos, Menino jogou contra a Arábia Saudita na primeira fase, contra o Egito nas quartas e contra a Espanha na final. O polivalente jogador disse estar mais leve após a competição e destacou os aprendizados pela Seleção Brasileira no Japão.

“Eu sempre falo que gosto muito de ir para a Seleção. Eu saio de lá com coisas novas, com outra mentalidade, e chego aqui no meu clube mais leve, mais solto. A gente aprende, é outro técnico, outro estilo de jogo. Assim a gente vai apreendendo, seja na (Seleção) Principal ou Olímpica. vivemos um grande momento, a cultura japonesa é fenomenal, um lugar lindo e maravilhoso que um dia pretendo voltar para conhecer melhor”, afirmou.

O garoto do Palmeiras também relatou que ainda “não caiu a ficha”. Além de medalha de ouro em Tóquio, a Cria da Academia também é campeã do Campeonato Paulista, da Libertadores e da Copa do Brasil,

“Cheguei em casa e meu pai fez a mesma pergunta. Falei que ainda não (caiu a ficha). Acho que com 20 anos e já com Libertadores, Copa do Brasil e ouro olímpico… é um sonho. Desde criança eu falava: “um dia quero estar lá, jogar com os jogadores no Palmeiras e na Seleção”. Foi uma experiência incrível, estou vivendo um sonho. Não quero acordar nunca mais (risos). Almejo muitas coisas ainda. Se quiserem me convocar para mais uma Olimpíada, com certeza irei”, pontuou.

Por fim, Gabriel Menino voltou o foco para o duelo contra o Atlético-MG, no sábado, pelo Campeonato Brasileiro e falou sobre as dificuldades em superar o fuso horário japonês.

“Aqui é o meu lar, onde minha família está comigo. Agora é pensar já no sábado, tem jogo com o Atlético-MG e estamos brigando pela liderança. Tenho certeza que voltei mais leve e mais solto. Se Deus quiser vamos conseguir a vitória”, disse.

“O fuso é um pouco complicado. Ontem , dormi após o jogo entre Palmeiras e São Paulo, acordei umas três vezes a noite. Mas é isso. É melhorar o sono e já era”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.