Funcionário de motel é morto com 3 tiros nas costas após se envolver com mulher do patrão

policia civil

O funcionário de um motel em Marília (SP) foi morto a tiros na manhã deste domingo (31) no local onde trabalhava e morava. O dono, um policial militar aposentado de 57 anos, é suspeito do crime, segundo informações da Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

O corpo de Daniel Ricardo da Silva, de 37 anos, foi encontrado em um dos corredores do motel, que fica na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros. Uma arma foi apreendida, assim como os pertences da vítima.

A necrópsia do corpo de Daniel confirma que ele foi atingido por três tiros nas costas disparados por Dhaubian Braga Brauioto Barbosa. Barbosa é dono do Motel Fênix, local do assassinato e onde Silva trabalhava.

Barbosa, que é coronel aposentado da Polícia Militar, teve a prisão temporária decretada na quinta-feira (4/11). Ele alega que fez os disparos no motel, localizado na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, em legítima defesa.

“A motivação foi passional. A vítima mantinha um relacionamento com a esposa do oficial, o que ficou comprovado inclusive no depoimento dela, que também é policial militar”, afirmou o delegado seccional Wilson Frazão . Ainda segundo a polícia, Daniel foi atingido pelos tiros quando chegava para trabalhar no motel na manhã de domingo (31/10).

Segundo o delegado, após descobrir o relacionamento entre sua mulher e o funcionário, o dono do motel procurou Daniel que também estaria armado. O funcionário, de acordo com o suspeito, teria esboçado reação de sacar a arma e então o coronel aposentado da PM teria atirado.

A arma usada no assassinato ainda não foi encontrada, embora o dono do motel alega ter deixado o item no local. “Ao lado do corpo havia uma arma da PM, mas que é da esposa do suspeito, também policial militar. No entanto, nada indica que essa arma foi ou estivesse sendo utilizada pela vítima”, afirmou o delegado seccional. A polícia continua buscando provas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.